.:mais sobre mim

.:pesquisar

 

.:Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.:posts recentes

.: Vacinação do recém-nascid...

.: Higiene do recém-nascido

.: Transporte do recém-nasci...

.: O trabalho de parto

.: Preparar a mala - o parto

.: Gestação... da 40ª à 42ª ...

.: Gestação... da 35ª à 39ª ...

.: Gestação... da 30ª à 34ª ...

.: Gestação... da 25ª à 29ª ...

.: Gestação... da 20ª à 24ª ...

.:arquivo

.: Setembro 2009

.: Agosto 2009

.: Julho 2009

.: Junho 2009

.: Maio 2009

.: Abril 2009

.: Março 2009

.: Fevereiro 2009

.: Janeiro 2009

.: Dezembro 2008

.: Novembro 2008

.: Outubro 2008

.: Agosto 2008

.:tags

.: todas as tags

.:as minhas fotos


Web Design

.:links

.:mapa dos usuários

Locations of visitors to this page
blogs SAPO

.:subscrever feeds

Segunda-feira, 15 de Junho de 2009

Gestação... da 40ª à 42ª semana

Na 40ª semana o bebé provavelmente pertence à maioria que fica encravada com a cabeça na pélvis. O sistema imunitário é ainda imaturo e o bebé recebe anticorpos pela placenta e após o parto irá recebê-los pelo leite materno. O lanugo do bebé cai apesar de ainda se manter em alguns locais escondidos, como nas pregas cutâneas, nos ombros e nas orelhas. O corpo da grávida foi-se preparando ao longo destas semanas. Nesta altura a grávida já deve ter toda a informação sobre o parto. Cerca de 98% das mulheres irão dar à luz cerca de 2 semanas antes ou depois da data prevista de parto. As induções são meios artificiais de iniciar o trabalho de parto

Na 41ª semana pode ser uma surpresa o parto ainda não ter ocorrido, ma so bebé pode estar bem aconchegado no ventre materno. A grávida nesta fase irá efectuar um non-stress test para verificar o bem-estar fetal e ser-lhe pedido para contar os movimentos fetais e estar atenta aos sinais de parto.

Na 42ª semana o bebé será considerado de pós-termo, podendo apresentar perda de peso e gordura corporal. A grávida irá monitorizar os movimentos fetais para avaliar o bem-estar fetal e irá ser avaliado o colo uterino para ver se é favorável ao parto. A grávida pode aproveitar estes últimos dias de gravidez e histórias sobre o parto, terminar os planos de última hora, fazer caminhadas, ir ao cinema e disfrutar das últimas horas em que irá sentir o bebé a mexer-se dentro de si.

sinto-me:
publicado por Isabel às 17:48
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 1 de Junho de 2009

Gestação... da 35ª à 39ª semana

Na 35ª semana o bebé pesa cerca de 2,15kg e todos os órgãos estão desenvolvidos estando somente a dar os últimos retoques antes do parto. A grávida pode sentir alguns desconfortos como insónias, dores nas costas e polaquiúria (urinar muitas vezes) (WEISS, 2008).

 

Na 36ª semana o bebé continua a crescer e a encravar-se nos ossos pélvicos, o que facilita os movimentos respiratórios da mãe por outro lado aumenta a frequência urinária da mãe. O bebé pesa cerca de 2,3kg porém pode existir uma grande margem na diferença de peso dos bebés no final da gravidez. A grávida nesta fase tem consultas de seguimento da gravidez semanais e faz um exame vaginal para rastreio de estreptococos grupo B (WEISS, 2008).

 

Na 37ª semana o bebé está a treinar a respiração inalando líquido amniótico, por vezes até pode ter soluços. A gravidez é considerada de termo e a grávida deve começar a planear onde irá ser o seu parto e saber as diferenças entre o falso trabalho de parto e o trabalho de parto verdadeiro (WEISS, 2008).

 

Na 38ª semana o bebé pode aumentar cerca de 28g por dia, porém o aumento de peso começa a abrandar. Algumas mães escrevem uma carta ao seu bebé para mais tarde o seu filho possa ler um relato da sua gestação. A grávida pode começar a sentir pequenos choques eléctricos pelas pernas e na vagina quando o bebé dá acerta nos nervos da pélvis (WEISS, 2008).

 

Na 39ª semana o bebé continua a praticar a respiração com o líquido amniótico. A grávida está pronta para o parto. Está quase! Alguns dias antes do parto pode ocorrer a perda do rolhão mucoso, a acender do instinto maternal na preparação do quarto do bebé, perda de peso e aumento do apetite (WEISS, 2008).

 

sinto-me:
publicado por Isabel às 22:41
link do post | comentar | favorito