.:mais sobre mim

.:pesquisar

 

.:Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.:posts recentes

.: Vacinação do recém-nascid...

.: Higiene do recém-nascido

.: Transporte do recém-nasci...

.: O trabalho de parto

.: Preparar a mala - o parto

.: Gestação... da 40ª à 42ª ...

.: Gestação... da 35ª à 39ª ...

.: Gestação... da 30ª à 34ª ...

.: Gestação... da 25ª à 29ª ...

.: Gestação... da 20ª à 24ª ...

.:arquivo

.: Setembro 2009

.: Agosto 2009

.: Julho 2009

.: Junho 2009

.: Maio 2009

.: Abril 2009

.: Março 2009

.: Fevereiro 2009

.: Janeiro 2009

.: Dezembro 2008

.: Novembro 2008

.: Outubro 2008

.: Agosto 2008

.:tags

.: todas as tags

.:as minhas fotos


Web Design

.:links

.:mapa dos usuários

Locations of visitors to this page
blogs SAPO

.:subscrever feeds

Sexta-feira, 15 de Maio de 2009

Gestação... da 30ª à 34ª semana

Na 30ª semana o bebé está alerta do mundo circundante e pesa cerca de 1,36kg. A grávida adquire uma nova postura, devido à alteração do seu centro de gravidade. O exercício físico ajuda a grávida a manter a sua vitalidade e reduzir os desconfortos da gravidez (WEISS, 2008).

 

Na 31ª semana a pele do bebé é cor-de-rosa e pesa cerca de 1,5kg. A grávida sente o abdómen aumentado e as costelas doridas (WEISS, 2008).

 

Na 32ª semana os movimentos do bebé atingem um pico nesta semana. A pele do bebé deixa de estar enrugada e pode já ter cabelo. O bebé aumenta de peso sendo na sua maioria gordura e tecido muscular e pesa cerca de 1,7kg. A grávida começa a sentir mais contracções de Braxton-Hicks (WEISS, 2008).

 

Na 33ª semana o bebé produz surfactante (substância que o irá ajudar a respirar após o nascimento), ele pesa cerca de 1,8kg. A grávida consegue agora diferenciar a sensação dos movimentos feitos com o cotovelo e com o pé do bebé (WEISS, 2008).

 

Na 34ª semana o bebé continua a crescer e pesa cerca de 2 kg. As hormonas da placenta começam a activar o leite materno. A mãe nota as contracções e sente o seu corpo a ficar preparado para o parto (WEISS, 2008).

publicado por Isabel às 21:57
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 1 de Maio de 2009

Gestação... da 25ª à 29ª semana

Na 25ª semana pesa cerca de 709g. A grávida começa a ir às consultas de seguimento com maior regularidade, pode ocorrer a sensação do tempo estar a passar depressa demais. Nesta fase começam a arranjar o quarto do bebé, decidir o local onde vai dormir (WEISS, 2008).

 

Na 26ª semana a pele do bebé começa a ficar mas opaca e notam-se menos as veias superficiais. O bebé ouve todos os ruídos circundante, o coração da mãe a bater, sons da digestão e ruídos externos. O bebé pesa cerca de 794 g. Apesar da grávida sentir os movimentos fetais à algum tempo só agora os outros conseguem sentir o bebé a mexer. Encontrar uma posição confortável para dormir pode ser um desafio, entre ir ao quarto de banho, beber água e petiscar alguma coisa pode ser um verdadeiro desafio conseguir dormir (WEISS, 2008).

 

Na 27ª semana o bebé tem a pele enrugada por estar a flutuar na água e pesa cerca de 900g. A grávida deu entrada no terceiro trimestre da gravidez. Agora vai começar a aumentar de peso que vai ser distribuídos por vários locais – as mamas, líquido amniótico, volume sanguíneo, etc (WEISS, 2008).

 

Na 28ª semana as pestanas do bebé começam a desenvolver-se e pesa cerca de 1 kg. A grávida começa a frequentar as consultas de seguimento a cada quinze dias e a discutir os planos para o parto. As mamas podem começar a perder colostro e pode necessitar a administração de uma perfusão de anticorpo anti-D, de acordo com o grupo sanguíneo e factor Rh da mãe (WEISS, 2008).

 

Na 29ª semana o bebé começa a regular a sua temperatura, a medula óssea já está completamente encarregue da produção de hemácias (glóbulos vermelhos), os movimentos do bebé estão mais complicados pois o espaço começa a tornar-se pequeno para ele se movimentar. O bebé pesa cerca de 1,16kg. A grávida devido ao espaço ocupado pelo bebé necessita de lidar com alguns desconfortos que tal implica – nas costas, nas pernas, a dispneia (falta de ar) (WEISS, 2008).

 

sinto-me:
publicado por Isabel às 15:43
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito